sexta-feira, 20 de maio de 2016

Escola da Defensoria Pública do Distrito Federal promove Seminário Direito e Saúde II - inscrições abertas

O que é saúde? Como delimitar a amplitude desse direito social no contexto do sistema único de saúde no Brasil a partir dos princípios e diretrizes da Constituição Federal e das Leis Orgânicas de Saúde? Sabemos que a saúde é um dever do Estado e ao mesmo tempo um direito de todo cidadão, garantido mediante políticas econômicas e sociais para a sua promoção, proteção e recuperação, com acesso público, gratuito, universal, integral e igualitário. 

Mas como essas diretrizes se efetivam na prática? Através da articulação entre redes e regiões de atenção à saúde, de forma descentralizada, e com participação social, o que envolve unidades federativas culturalmente e economicamente distintas, e disputas de todas as ordens, ainda mais considerando o fato da Constituição ter concedido à iniciativa privada (e recentemente ao capital estrangeiro) a exploração dos serviços de saúde.

Nesse cenário complexo, que envolve mais de 200 milhões de brasileiros, quando os cidadãos encontram barreiras ao acesso à saúde, o Poder Judiciário e os demais órgãos da Justiça - entre eles a Defensoria Pública, que tem por função defender os direitos dos hipossuficientes perante a lei - são instados a atuar na busca da consecução das diretrizes constitucionais afetas à vida e à dignidade humana.

Esses são os contornos dos debates que serão promovidos no fim deste mês pela Escola da Defensoria Pública do Distrito Federal durante o Seminário Direito e Saúde II, sobre a dificuldade de se definir na prática jurídica o que é direito à saúde, e como isso se reflete na judicialização da saúde, e ainda que soluções estão sendo encontradas para fazer o direito subjetivo à saúde convergir com a previsão orçamentária do Estado, como as câmaras técnicas de mediação.

Abaixo mais informações sobre o evento.




A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), por meio da Escola da DPDF, promoverá o Seminário “Direito e Saúde II” com o objetivo de debater temas relacionados às áreas de Direito e Saúde entre Defensores Públicos, Juízes, Promotores de Justiça, Advogados e profissionais de Saúde, nos dias 30 e 31 de maio 2016, no horário de 8h às 17h, nas dependências da Escola da Defensoria, no SCS, Quadra 08, Ed. Venâncio 2000, Bloco B-60, sala 240 - Brasília, Distrito Federal.

O evento será voltado para atualizar os conhecimentos jurídicos dos Defensores Públicos, bem como promover a interação entre os defensores e servidores atuantes nos diversos núcleos de atendimento da DPDF, toda a comunidade jurídica, servidores da saúde e usuários, e ainda estudantes.

A realização do “Seminário Direito e Saúde II” se apresenta como um momento ímpar de diálogo entre os diversos profissionais da saúde e profissionais do direito.

As inscrições para o seminário podem ser realizadas diretamente através do formulário eletrônico hospedado neste link: https://docs.google.com/forms/d/1-uWGBdJQriBBbpqtZs1PtAlWQ805RFu73H93v-Rjo7o/viewform, ou através do site da Defensoria Pública do Distrito Federal (www.defensoria.df.gov.br - menu Escola – aba inscrição).

Confira a programação do evento:



Defensoria Pública do DF e Mediação em Saúde:

A Câmara Permanente Distrital de Mediação em Saúde (Camedis) foi instituída no mês de fevereiro de 2013, por meio de Portaria Conjunta entre a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal e a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF). É coordenada pela SES/DF, tendo ainda como missão institucional a busca da solução às demandas por serviços e produtos de saúde no intuito de se evitar ações judiciais ou propor soluções para aquelas em trâmite. Nesse espaço de mediação, a Defensoria Pública do Distrito Federal atua como mediadora entre as partes envolvidas no conflito, ou seja, o cidadão e a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal. As mediações são realizadas mensalmente, em espaço da SES/DF. Após um ano de mediação, restou demonstrado que a alternativa encontrada para a resolução de conflitos (além proporcionar mais eficiência no atendimento) contribuiu para a redução das demandas judiciais. Assim, dos casos apreciados pela Camedis, mais de 85% obtiveram acordo.



Escola da Defensoria Pública do DF

A Escola da Defensoria Pública do DF tem por escopo promover o equilíbrio das relações sociais, contribuindo para uma sociedade mais livre, justa e igualitária. 

A Escola capacita servidores e defensores da instituição com cursos, palestras e reuniões para promover e aprimorar o conhecimento de práticas usadas no dia-a-dia dos profissionais. 

Os objetivos da Escola da DPDF estão voltados para o dever social firmado na Constituição Federal de 1988, artigo 227, o qual diz que a Educação é direito e responsabilidade de todos, ainda mais das instituições jurídicas.

Fonte: ADEP-DF


Acompanhe a Defensoria Pública do DF e a Escola da Defensoria nas redes sociais:

Página da Defensoria Pública do Distrito Federal no facebook: https://www.facebook.com/defensoriapublicadoDF/?fref=ts

Página da Escola da Defensoria Pública do DF no twitter: https://twitter.com/easjurdf

Fonte: Rede HumanizaSUS